Requerimento Seguro Desemprego



Quando um país entra em crise, como é o caso do Brasil, milhões de trabalhadores correm atrás dos seus benefícios sociais, para conseguir sobreviver. No brasil, o trabalhador demitido tem direito a um seguro desemprego, o qual, garante um pouco de estabilidade, por um curto período de tempo, até a pessoa conseguir outro trabalho ou outra forma de renda. Para iniciar o requerimento seguro desemprego, o trabalhador precisa executar os seguintes passos, os quais, vão ser explicados a seguir:

Confira as novas regras para solicitar o seguro desemprego

Requerimento Seguro Desemprego – Novas Regras

Passos para solicitar o seguro desemprego

Primeiro, o trabalhador deve marcar uma entrevista no Poupa tempo, pelo site www.poupatempo.com.br, depois ele deve solicitar que o seu ex patrão preencha o formulário online, para que ele possa solicitar o seguro desemprego. Um terceiro passo é separar os documentos necessários, que são:

Documentos necessários para pedir o seguro desemprego

  • Um Cartão do PIS-PASEP, o qual pode ser dado pelo próprio chefe, ou um extrato atualizado ou Cartão do Cidadão;
  • A carteira de Trabalho e Previdência Social- CTPS, caso o trabalhador seja informal, ele não terá como solicitar o seguro desemprego;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho – TRCT devidamente quitado pelo empregador. Caso ele não queira pagar, o empregado deve procurar o posto de trabalho mais próximo e explicar a sua situação;
  • Documentos de Identificação: Esse documento de identificação pode ser o RG, a certidão de nascimento, uma carteira de motorista, uma certidão de casamento, que tenha a data do matrimonio e uma foto, o passaporte e o certificado de reservista, basta levar um desses citados, como documento obrigatório para a identificação do trabalhador;
  • Pela nova lei, deve-se ter como documento obrigatório na hora de pedir o seguro desemprego os seis últimos contracheques, dos seis meses anteriores ao mês de demissão, antigamente bastavam três meses;
  • O comprovante de residência;
  • O Comprovante de escolaridade;
  • E por fim, um último documento necessário para solicitar o seguro desemprego é o levantamento dos depósitos do FGTS (CPFGTS) ou extrato comprobatório dos depósitos realizados.

Depois de juntar todos esses documentos, o empregado deve ser encaminhar ao Centro de Apoio ao Trabalho ou ao Poupatempo no dia marcado, levando toda a documentação necessária, vai ser feita a verificação dos documentos e se aprovado, o trabalhador já sai dali com o benefício assegurado.

Lembrando que só pode solicitar o seguro desemprego 2016, trabalhadores com, no mínimo, seis meses de emprego, os quais, não tenham renda própria para manter a família em condições adequadas, devido, a falta de emprego.

E vocês, o que acharam, pedir seguro desemprego é muito burocrático? Acham que o Estado deveria facilitar o acesso a esse benefício, ou, se fizesse isso, estaria facilitando as falsificações e as fraudes com relação a esse programa, as quais, ainda não foram totalmente resolvidas






Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votes, average: 4.67 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

Comments are closed.