O lixo gera emprega renda e salva o nosso planeta

A consciência ecológica tem sido muito debatida entre especialistas e muito difundida entre a população, que percebeu a necessidade de se usar os recursos de forma sustentável e com inteligência. Durante muitos séculos, o homem só soube destruir a natureza e criou uma cultura de que nada que estava sendo feito era errado, pois ela se regeneraria e não nos causaria problema algum, só que a destruição foi muito rápida e a regeneração é muito lenta.

Para cada árvore cortada seriam necessários pelo menos 10 anos para que ela voltasse ao estado em que foi cortada, porém é necessário que alguém plante-a no lugar da que foi retirada. As águas que poluímos sem nem sequer pensarmos que um dia vamos precisar dela para uso doméstico, também estão acabando e conforme uma pesquisa da UNESCO, em 2059, teremos uma falta de água potável mundial.

Depois da divulgação da pesquisa que fala do aquecimento global, a concientização ecológica e a economia sustentável entram nos holofotes dos empresários e dos consumidores, que cada vez mais buscam ajudar a produção sem gerar poluição.

Alguns projetos são importantíssimos foram implementados em grandes cidades brasileiras, mas ainda são poucas as pessoas que conhecem e utilizam-se deles. O mais importante para o consumidor doméstico é o de coleta reciclável. Que consiste em separar o lixo reciclável do orgânico. Para quem quiser conhecer alguns projetos basta clicar nos links abaixo:

Para ver se a sua cidade tem coleta seletiva, basicamente, basta entrar em contato com a empresa que faz a coleta de lixo ou com a prefeitura. Caso ela ainda não tenha, é hora de se mobilizar para que a população se conscientize que é necessário um esforço agora para que o planeta tenha uma sobrevida maior.

A Ampla numa ação pioneira, passou a dar descontos na conta de luz para quem levar materiais recicláveis aos postos de coleta. Eu já usei o serviço e posso dizer que funciona, apesar do desconto ser pequeno ajuda bastante. Conversando com meu amigo SandroCE, ele também disse que a COELCE, fornecedora de energia electrifica de fortaleza, tem um projeto parecido com o da Ampla.

Ontem teve um Show, no Rio de Janeiro, onde a entrada nada mais era que lixo reciclavel. A iniciativa partiu da ONG Doe Seu Lixo (qe tem como fundadora a atriz Isabel Fillardis), em parceria com a rádio FM O DIA e jornal O DIA, que pretendiam recolher 12 caminhões de lixo reciclável e até as 19hs já haviam sido contabilizados 3 caminhões. O Show contou com apresentação de Moraes Moreira, Buchecha e a banda Bangalafumenga. Esse foi o primeiro evento que trocou ingressos por lixo reciclável.

“O lixo gera emprego, renda, e salva nosso planeta” – Isabel Fillardis, na abertura do evento na apoteose.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply