INSS Empregada Doméstica



A situação das empregadas domésticas mudou com a aprovação pelo Congresso Nacional da PEC das domésticas, a qual, cria uma série de benefícios e regras que quem contratar uma doméstica deve seguir, incluindo o INSS Empregada Doméstica e outros benefícios históricos dos trabalhadores, nos quais, as empregadas domésticas não estavam incluídas.

INSS Empregada doméstica

INSS Empregada doméstica

Esse grupo sempre foi muito desfavorecido em relação as leis do trabalho e aos benefícios trabalhistas, criados lá em 1936, pelo então Presidente Getúlio Vargas, como o décimo terceiro salário, o salário mínimo e as férias remuneradas.

Para saber mais sobre esse assunto e conferir como deve ser feito o pagamento do INSS Empregada Doméstica confira esse texto até o final e descubra tudo sobre esse novo benefício, o qual, as empregas domésticas tem direito desde 2013.

Recolhimento INSS Empregada doméstica

O pagamento do INSS Empregada Doméstica é feito em conjunto, em parte esse pagamento é realizado pelo empregador e uma outra parcela dessa conta, é a própria empregada que deve realizar o pagamento para o INSS. O recolhimento INSS empregada doméstica é feito através do portal e-Social, de responsabilidade do Ministério do Trabalho (MTPS). Ao empregador cabem, além do pagamento dos vencimentos das domésticas, a o recolhimento do INSS para garantir a seguridade social dessa categoria.

Clique aqui e acesse o portal e-Social

Normalmente essa divisão é feita de maneira igual, sendo 8% do salário da empregada saindo para o INSS e 8% do dinheiro próprio do patrão, fazendo esse pagamento para que o INSS Empregada Doméstica possa ser pago com tranquilidade e sem atrasos.

e-social empregada doméstica INSS

e-social empregada doméstica INSS

Já que, esse dinheiro pode ser a única fonte de receita de uma pessoa e quando ele atrasa, acaba complicando a situação de muitas pessoas, as quais, atrasam contas e se endividam, devido ao atraso no pagamento.

Assim existe uma tabela a ser cumprida, de quanto deve ser o recolhimento INSS Empregada Doméstica de acordo com o salário que cada empregada doméstica recebe, assim, salários maiores, um imposto maior, mas, em compensação, uma aposentadoria maior, quando essa empregada parar de trabalhar e quiser se aposentar, recebendo um dinheiro do Governo.

Cálculo INSS Empregada Doméstica

Então, para realizar o pagamento do INSS Empregada Doméstica corretamente e não correr o risco de ser flagrado em uma situação irregular, fique de olho nas informações abaixo:

  • Se o empregado receber até R$ 1.556,94 serão recolhidos 8% do valor desse salário por meio do empregador e 8% por meio do próprio empregado.
  • Se o empregado receber mensalmente o valor entre 1.556,95 até 2.594, a parte a ser paga pelo trabalhador será maior do que a do empregador. Enquanto o empregado vai pagar 9% do valor do seu salário, o empregador fica na faixa dos 8%.
  • Se receber entre 2.594,93 até 5.189,82 serão recolhidos 11% desse salário da parte do trabalhador e o empregador vai pagar os 8%, assim, os dois lados colaboram e fica menos pesado para todo mundo.

Esses valores serão pagos diretamente para o INSS, por isso, acabam sendo cobrados de forma separadas, para assim, evitar qualquer problema que o empregador tenha na hora de pagar o INSS Empregada Doméstica.






Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votes, average: 3.67 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

Comments are closed.