Escola do Trabalhador

Escola do Trabalhador – O Brasil vem enfrentando, desde 2014, o maior retrocesso da história. Desse modo, não é de se espantar que a população sinta expressivamente as consequências da crise. Desses efeitos, um dos mais claros é o crescente desemprego no país, que já atingiu milhares de pessoas nos últimos anos.

Visualizando esse quadro e visando atenuá-lo, o Estado vem investindo em soluções que garantam a redução do número de desempregados. Uma destas é a Escola do Trabalhador, sobre a qual falaremos hoje!

Escola do Trabalhador

Escola do Trabalhador

O que é a Escola do Trabalhador?

A Escola do Trabalhador surgiu em 2017, a partir de uma colaboração entre o Governo Federal e a UnB (Universidade de Brasília). O objetivo dessa parceria é possibilitar, de modo gratuito e acessível, cursos profissionalizantes aos trabalhadores, a fim de que os mesmos tenham maior espaço no mercado de trabalho.

✔ Confira o programa Escola Brasil do Ministério da Economia.

Como Funciona?

Um dos aspectos mais relevantes sobre a Escola do Trabalhador é o de que os cursos oferecidos, em sua maioria, não requerem instruções prévias. Dessa forma, qualquer pessoa está apta a se inscrever nas capacitações, independentemente da instrução que possui. Quando algum conhecimento adiantado é necessário, como tende a ser o caso dos cursos FIC, que se pontuam pela especificidade, o candidato é notificado antes de concluir o seu cadastro.

Ademais, mesmo que o foco do programa seja capacitar os desempregados e recolocá-los no mercado, todo indivíduo interessado pode se registrar nas profissionalizações ofertadas.


Inscrição Escola do Trabalhador

Para que uma pessoa possa se matricular na Escola do Trabalhador, ela deve atender somente a um requisito, que é o de possuir uma boa conexão à internet, uma vez que todas as aulas e os materiais necessários são disponibilizados de modo on-line.

Inscrição

Inscrição

Dispondo disso, o interessado deve:

  • Entrar no canal do programa, acessando este link;
  • Escolher a área de profissionalização que deseja;
  • Escolher o curso que prefere;
  • Clicar em “Inscreva-se neste curso”;
  • Informar os dados solicitados;
  • Validar o seu acesso;
  • Entrar no e-mail cadastrado, abrir o correio encaminhado pela plataforma e seguir as etapas indicadas para a conclusão do registro.

Observação: Normalmente, os servidores BOL e Outlook identificam as mensagens da Escola do Trabalhador como propagandas, deletando-as ou enviando-as para o spam. Caso isso aconteça com você, basta registrar o e-mail do programa em seu servidor, entrando nos ajustes da conta e incluindo o endereço “[email protected]” à lista de remetentes confiáveis.


Cursos Escola do Trabalhador

As profissionalizações oferecidas pela Escola do Trabalhador se caracterizam por serem de extensão, o que torna mais simples o oferecimento de cursos que abarquem vários âmbitos.

Atualmente, por exemplo, já são disponibilizadas mais de 24 capacitações, que vão da área de Informação e Comunicação ao viés de Produção Cultural e Design. Veja, abaixo, a listagem de todas.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply