Escola do Trabalhador

Escola do Trabalhador – O Brasil vem enfrentando, desde 2014, o maior retrocesso da história. Desse modo, não é de se espantar que a população sinta expressivamente as consequências da crise. Desses efeitos, um dos mais claros é o crescente desemprego no país, que já atingiu milhares de pessoas nos últimos anos.

Visualizando esse quadro e visando atenuá-lo, o Estado vem investindo em soluções que garantam a redução do número de desempregados. Uma destas é a Escola do Trabalhador, sobre a qual falaremos hoje!

Escola do Trabalhador

Escola do Trabalhador

O que é a Escola do Trabalhador?

A Escola do Trabalhador surgiu em 2017, a partir de uma colaboração entre o Governo Federal e a UnB (Universidade de Brasília). O objetivo dessa parceria é possibilitar, de modo gratuito e acessível, cursos profissionalizantes aos trabalhadores, a fim de que os mesmos tenham maior espaço no mercado de trabalho.

Como Funciona?

Um dos aspectos mais relevantes sobre a Escola do Trabalhador é o de que os cursos oferecidos, em sua maioria, não requerem instruções prévias. Dessa forma, qualquer pessoa está apta a se inscrever nas capacitações, independentemente da instrução que possui. Quando algum conhecimento adiantado é necessário, como tende a ser o caso dos cursos FIC, que se pontuam pela especificidade, o candidato é notificado antes de concluir o seu cadastro.

Ademais, mesmo que o foco do programa seja capacitar os desempregados e recolocá-los no mercado, todo indivíduo interessado pode se registrar nas profissionalizações ofertadas.

Como funciona a Escola do Trabalhador

Como funciona a Escola do Trabalhador

Veja também:

Inscrição Escola do Trabalhador

Para que uma pessoa possa se matricular na Escola do Trabalhador, ela deve atender somente a um requisito, que é o de possuir uma boa conexão à internet, uma vez que todas as aulas e os materiais necessários são disponibilizados de modo on-line. Dispondo disso, o interessado deve:

  • Entrar no canal do programa, acessando este link;
  • Escolher a área de profissionalização que deseja;
  • Escolher o curso que prefere;
  • Clicar em “Inscreva-se neste curso”;
  • Informar os dados solicitados;
  • Validar o seu acesso;
  • Entrar no e-mail cadastrado, abrir o correio encaminhado pela plataforma e seguir as etapas indicadas para a conclusão do registro.

Observação: Normalmente, os servidores BOL e Outlook identificam as mensagens da Escola do Trabalhador como propagandas, deletando-as ou enviando-as para o spam. Caso isso aconteça com você, basta registrar o e-mail do programa em seu servidor, entrando nos ajustes da conta e incluindo o endereço “[email protected]” à lista de remetentes confiáveis.

Cursos Escola do Trabalhador

As profissionalizações oferecidas pela Escola do Trabalhador se caracterizam por serem de extensão, o que torna mais simples o oferecimento de cursos que abarquem vários âmbitos.

Atualmente, por exemplo, já são disponibilizadas mais de 24 capacitações, que vão da área de Informação e Comunicação ao viés de Produção Cultural e Design. Veja, abaixo, a listagem de todas.

Contato do Programa

Caso ainda restem dúvidas a respeito do funcionamento da Escola do Trabalhador, o interessado pode entrar em contato com a central de atendimento da organização. Para isso, basta acessar esta página e preencher o formulário com o seu questionamento e com os seus dados básicos.

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe seu comentário!

Comments are closed.