7 dicas de como sair do emprego temporário

A seguir, vamos apresentar uma lista de sugestões importantes que irão favorecer o profissional temporário na hora de se tomar uma decisão por sua efetivação. As opiniões dos funcionários antigos deverão contar muito. Aos profissionais que conseguirem mostrar as suas qualidades para o gerente também possuem grandes possibilidades de ser contratado.

7 dicas para ser efetivado

  • Procure adequar o seu comportamento, temporário deverá contar com algumas competências comportamentais. Na maioria das vezes a pessoa não é contratada logo após o período de temporário, porém é bem comum que surja uma vaga efetiva e quem mais se destacar no processo deverá ser chamado para a ocupar certamente.
  • Leve o trabalho a sério e não o trate como um bico. É necessário que se tenha interesse pelas tarefas realizadas pela empresa, além de contar com toques importantes como por exemplo a iniciativa, a força de vontade, excelente comunicação, bom humor e também trabalhar todos os dias como se este fosse o primeiro.
  • Procure ter foco em resultados, o temporário almeja consideravelmente ser efetivado devendo ser ambicioso, e aquele que pensa apenas em um salário fixo deverá ser trocado por outro após os 90 dias de experiência.
  • É necessário que se conheça muito bem o produto e aborde o consumidor de forma bastante eficiente, os consultores ainda oferecem como dica que o temporário deverá aprender a resolver problemas com toda a agilidade possível. Está ali para desafogar os atendimentos e não deverá transferir os problemas, porém saber os solucionar.
  • Se você pensar que o final de ano é uma excelente oportunidade de se conseguir um trabalho temporário, realmente é uma ótima alternativa. Apesar disso, muito mais que isso e a chance de se fazer o temporário vir a se tornar efetivo. Quem garante que você não irá começar o ano com carteira assinada e também um salário fixo não é verdade?
  • Para conseguir as vagas efetivas é necessário muito mais do que um esforço, as pessoas que possuem pouca inteligência emocional possuem um autoconhecimento bastante limitado, e este é o seu pior problema, possuem dificuldades em avaliar os impactos que seus comportamentos poderão causar nas pessoas.
  • O comportamento é uma preocupação primordial para o profissional e muito mais do que seus conhecimentos técnicos. Antes de tudo é necessário se perceber qual o efeito das ações sobre as pessoas no ambiente de trabalho para poder dar um passo certo. Ser exigente e cobrar algo não significa ser mal-educado, ser gentil por sua vez é diferente de ser submisso no trabalho. Por este motivo é muito importante ficar acessível sempre aos feedbacks recebidos, vindo de qualquer pessoa seja superior, subordinado ou mesmo colega.

Se tornar efetivo talvez não seja uma alternativa difícil, existem grandes possibilidades de efetivação quando o profissional é bom e se destaca com relação a seus colegas, a grande questão está que as pessoas já começam a trabalhar com uma ideia de que é apenas uma renda extra e não se empenham como realmente deveriam.

Uma boa dica é esquecer que este contrato é temporário para início e fim das atividades, isto talvez seja uma boa alternativa e faz toda a diferença para este tipo de efetivação, se for preciso esqueça que o trabalho é temporário e se empenhe como em um efetivo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply