Aviso Prévio Indenizado 2020: Cálculo e Modelo de Cartas

Quando a demissão do empregado ocorre sem uma justa causa, o ex-empregado tem o direito de receber uma indenização. Nesse tipo de situação, onde a demissão é iniciada pela empresa, ela precisará decidir se irá optar pelo aviso prévio indenizado 2020 ou trabalho. No caso do aviso prévio indenizado, isso significa que a empresa não precisa do empregado trabalhando pelos 30 dias do aviso prévio, e por isso, a firma deve indenizar o empregado.

Vale também deixar claro que isso pode ocorrer de forma reversa. Quando o empregado pede demissão sem justa causa e não deseja cumprir os 30 dias do aviso prévio, ele deverá dar indenização a empresa.

Aviso Prévio Indenizado 2020

Aviso Prévio Indenizado 2020

Aviso Prévio Indenizado

Quando a empresa decide optar pelo desligamento imediato do empregado sem querer observar o aviso prévio, é preciso que o cidadão demitido realize o cálculo do valor que ele deve receber.

Sendo que basicamente, o cálculo desse valor vai depender do último salário recebido pelo empregado. Nessa base do salário serão adicionados os demais benefícios para a definição do valor concreto.

Alguns desses benefícios são:

  • Décimo terceiro;
  • Valor das férias vendidas (se for o caso) e;
  • Uma multa de 40% aplicada sob a quantia dos depósitos efetuados pela empresa ao FGTS.
Aviso Prévio

Aviso Prévio

Por isso, o valor do Aviso Prévio Indenizado vai depender do salário (que é a base) e de outros benefícios usufruídos pelo beneficiário.

Cálculo do Aviso Prévio Indenizado 2020

Sendo assim, o cálculo do aviso prévio deve ser feito com cautela de modo que todos os direitos do trabalhador sejam cumpridos. Para evitar inconveniências e problemas com a CLT, as contas devem ser feitas da forma correta.

Após o desligamento do empregado, a empresa terá um período de 10 dias corridos para efetuar o pagamento das verbas rescisórias, e isso engloba o valor do próprio aviso prévio. A contagem desse prazo inicia no dia seguinte a consumação da rescisão contratual.

Agora, no caso em que o empregado é que pede a demissão sem justa causa e deseja ignorar os 30 dias do aviso prévio, o valor que ele deverá pagar a empresa como indenização será referente a um salário e ele será descontado da sua verba rescisória.

Cálculo do Aviso Prévio Indenizado

Cálculo do Aviso Prévio Indenizado

Aviso Prévio Indenizado Incide INSS?

É bem comum que na hora de fazer o cálculo do valor do aviso prévio indenizado 2020 os beneficiários se perguntem se essa quantia também considera o benefício do INSS.

Apesar de a princípio muitos acharem que os benefícios do INSS estão inclusos no INSS, a verdade é que eles não estão. Ou seja, o cálculo desse valor não inclui os benefícios auferidos por meio do INSS.

Modelo de Aviso Prévio Indenizado

Para os empregadores, a elaboração da carta de informe do Aviso Prévio Indenizado pode ser um processo que demanda tempo. Por isso, vale a pena contar com os modelos já prontos de cartas para o Aviso Prévio.

Atualmente, é possível encontrar diversos modelos disponíveis na internet. Com o auxílio desse material você conseguirá tornar o processo do Aviso Prévio mais ágil. Isso sem falar que os modelos online são gratuitos, ou seja, você não terá gastos com isso.

Modelo de Aviso Prévio Indenizado

Modelo de Aviso Prévio Indenizado

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply